Luana Farnezi

Informação de Perfil

  • Artista:   Atriz e Modelo
  • Idade:   38
  • Cidade:   Rio de Janeiro / RJ
  • Altura:   168cm
  • Manequim/Tamanho:   36
  • Tamanho de Sapato:   36
  • Cor do Cabelo:   Preto
  • Cor da Pele:   Negra
  • Cor dos Olhos:   Preto
  • Tipo de Cabelo:   Médio
  • Habilidades Adicionais:   Dança, Canta, Toca Instrumento, Artes Marciais, Fala Inglês, Fala Espanhol, Fala Italiano, e Pratica Esportes
  • DRT / OMB:   42511/RJ

Fotos

Vídeos

Release / Currículo

Faz parte da Cia. de teatro infantil Manaós de Repertório desde 2004, onde participa de vdiversos clássicos infantis do Brasil e da Disney. Com o diretor Charles Daves fez “Cinderela”, numa adaptação bem-humorada era a “boadrasta” do príncipe. Participou de uma Webserie onde o primeiro capítulo está disponível no site You Tube chamada “Nós, vós, eles”.

Possui outras peças teatrais adultas como “Cárceres”, “O Terceiro Subsolo”, “Sonhos de Velório”, “ReconstruRindo – diversos esquetes, “Palavras de Castro Alves”, entre outros. Em 2010 participou da “Paixão de Cristo” na Lona Cultural de Vista Alegre, com o personagem Verônica e outros. Através da produtora Ópera Prima participou de um Reality Show de atores onde foi vencedora e gravou dois curtas no ano de 2010 “Olhos Mágicos” e “Chasing the Sun”.

Em 2011 fez a peça “Para sempre Meninas” com atriz Amanda Mirasci e Matheus Malafaia na direção. Em “Nanímbia não”, nos anos de 2012 e 2013 – espetáculo dirigido por Lázaro Ramos que conta com os atores Aldri Anunciação (autor do texto premiado) e Flávio Bauraqui fez uma pequena participação no vídeo como atriz apresentado durante a peça.

Em dezembro de 2014 apresentou a peça “Urbanos” dirigida por Daniella Visco – espetáculo teatral com trabalho de corpo e canto, vivendo a personagem Diva da Música, no teatro Nathália Timberg. Esteve em cartaz com a peça “Trevas” – um estudo em Nelson Rodrigues vivendo personagem Aurora da obra ‘Os sete gatinhos’ e na obra ‘Álbum de família’ a personagem Nair, no teatro Nathália Timberg, dirigida por Oscar Saraiva – de julho a agosto de 2015.

Em fevereiro e março de 2016 esteve em cartaz com a peça “A alma boa de Setsuan” vivendo personagem Deusa e Mitsu – de Bertold Brecht, dirigida por Alexandre Mello também no teatro Nathália Timberg. Faz parte da primeira turma de formandos da Escola de Atores Wolf Maya do RJ – formou em dezembro de 2015.

Participou do Workshopp “O ator e o método” do Studio Fátima Toledo, com conclusão em agosto de 2016. Comemorando o centenário de Shakespeare, montou um grupo teatral com amigos e fizeram adaptação de “Romeu e Julieta” para as crianças, onde era abordado o bullying, preconceito e intolerância, resgatando cantigas de roda e proporcionando a participação direta das crianças no espetáculo que foi intitulado como “Romeu e Julieta do nosso jeitinho” – apresentado em novembro e dezembro de 2016.

Em agosto de 2017 participou do Wokshopp “Como ser um Youtuber”; com os criadores do Pipocando – Bruno Bock e Rolandinho na AIC (Academia Internacional de Cinema) de São Paulo. Foi convidada pelo canal do You Tube, Panela de Pressão Webserie, a participar do episódio “Crime Organizado” – dirigido por Isadora Studart, em outubro de 2017.

Fez o espetáculo “Anastácia” onde pôde contar a história da escrava no teatro Agildo Ribeiro em outubro de 2017 e no teatro Henriqueta Brieba em outubro de 2018 – vivendo a personagem título, dirigida por Jorge Knawer. Concluiu o curso “Mergulho no Musical – Livre”, na CAL (Casa de Artes de Laranjeiras) ministrado por Mirna Rubim e Menelick de Carvalho, em dezembro/2017.

Em dezembro de 2017 fez o musical “Noite dos errantes confessos”- direção de Tatiana Sobral e direção musical de Jardel Maia, no teatro Yan Michalski – espaço da CAL.Concluiu o curso “Mergulho no Musical – Avançado”, na CAL (Casa de Artes de Laranjeiras) ministrado por Mirna Rubim e Menelick de Carvalho em agosto/2018.

Em agosto de 2018 fez o musical “A melhor playlist”- direção de Menelick de Carvalho e direção musical de Chiara Santoro e coreografia de Soraya Bastos, no teatro Yan Michalski – espaço da CAL.

Em agosto de 2018 participou da Webserie RED – a primeira Web Série do Brasil com a temática lésbica (vista por mais de 100 países).

Em setembro de 2018 participou da segunda temporada de “A lira dos 20 anos”- como corista e personagem “Mulher da praia”- direção de Menelick de Carvalho, direção musical de André Poyart, preparação vocal de Anna Priscilla Lacerda e coreografia de Soraya Bastos, no teatro Yan Michalski – espaço da CAL.

Também em setembro de 2018 gravou o curta “Vó, a senhora é lésbica?”, baseado no conto de Natália Borges Polesso.

Foi convidada para o espetáculo “Nós e o Barro”, baseado no livro ‘Ponciá’ – de Conceição Evaristo em novembro de 2018, vivendo a mãe da personagem título – dirigida por Mara Soto e Bruno Raphael no teatro Gonzaguinha.

Contato